domingo, 25 de agosto de 2019

Falece Montila


Faleceu às 20h10 deste sábado, dia 24 no Hospital Unidade Hospitalar do Seridó em Caicó, Expedito Adriano Tietra, popularmente conhecido em nossa cidade por “Montilla”.  Natural da Paraíba, Montilla chegou ao município de Lagoa Nova no final dos anos 70, onde casou com Maria de Elias Anacleto, com quem teve 4 filhos. Montilla foi lavador de automóveis  e  por ser de grande confiança foi contratado para trabalhar de zelador  do prédio da Emater entre 1979 e 1982, época  das frentes de emergência.Ele foi precussor no trabalho de reciclagem de resíduos sólidos, atividade que complementava a renda familiar. Recentemente foi inaugurado em Lagoa Nova a Unidade de Triagem de Resíduos Sólidos, a qual foi denominada de Expedito Adriano Tietra "Montila", em sua homenagem por ser o primeiro lagoanovense a exercer esta atividade no município. 
O corpo de Montilla está sendo velado em sua residência na Rua Tarcísio Luiz Victor nºn 81, Conjunto Bernardino de Sena(O João de Barro), o sepultamento acontece às 15h00 no cemitério Santo Expedito.

Aos familiares, os nossos sentimentos de pesar.

sábado, 24 de agosto de 2019

R&A MOTOS, PAIXÃO POR DUAS RODAS


Quando sua moto necessitar de manutenção, entregue-a aos profissionais da R&A Motos, Peças, Serviços e Acessórios. Profissionais treinados e qualificados para executar reparos em motores, injeção eletrônica e muito mais. A R&A Motos conta com revisão sem agendamento e a troca de óleo mais rápida da cidade, feita de forma totalmente mecanizada. Além de dispor de peças e acessórios para motos em geral. E melhor, parcela suas compras ou serviços em todos cartões.

      
         R&A Motos, paixão por duas rodas



Grande final do Ruralzão 2019 será neste domingo dia 25 de agosto


A edição deste ano da maior competição esportiva do município Lagoa Nova reuniu 22 equipes de todas as regiões do município, com cerca de 420 atletas inscritos, 46 jogos foram realizados e com um ótimo público que prestigiou todas as partidas. Neste ano a competição teve início no dia 2 de junho com o  torneio início no Distrito Manoel Domingos. Disputaram a competição as seguintes equipes: Nova Esperança, Grêmio do Distrito Manoel Domingos, Escadão, São Domingos do Sítio de Dentro, União do Assentamento José Milanês, Alecrim do Chã do Espinheiro, Atlético da Macambira, São Luís da Macambira, São Paulo de Buraco de Lagoa, Massangana Sport Clube e Sport do Sítio São Francisco. E o momento mais aguardado pelos desportistas, a grande final do Campeonato Rural de Futebol - O Ruralzão 2019 será neste domingo (25), no Distrito Manoel Domingos.
Finalistas
Na categoria Principal se enfrentam União do José Milanês x Grêmio de Manoel Domingos.
Categoria Aspirantes, jogam: Alecrim da Chã do Espinheiro x São Paulo de Buraco de Lagoa.

Agenda de eventos sociais para este sábado dia 24 de agosto

Dois eventos prometem movimentar a noite deste sábado(24). 

Bairro Clavinote
Dentro das festividades do padroeiro do Bairro Clavinote, zona urbana de Lagoa Nova, na parte religiosa será realizada novena na residência de Felipe às 19h00.  Na parte social acontece o 4º jantar de São Raimundo Nonato no Restaurante e Parque Aquático o Corujão.


 Baixa Verde
A Churrascaria Paladar Sertanejo, localizada no Parque São Sebastião será palco de três grandes shows. Robson Ilsen, Forrozão Tomara que dê Certo e Forrozão Botando Quente. Uma noite de muito forró e animação para os adeptos da boa música.
 

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Eleições 2020 - Irmão Júnior almeja disputar vaga na Câmara de Lagoa Nova


Comentários que nos chegam em nossa redação, é que a política na serra de Santana não para, e hoje recebi informações de uma fonte segura, que nosso Irmão Júnior tem pretensões de concorrer a uma cadeira legislativa no nosso município. Há mais de vinte anos que reside em nossa cidade e vem desempenhado um trabalho ao longo deste período.  Evangélico e temente a Deus, irmão Júnior almeja ser a mais uma opção para mudar a política da nossa cidade.

Confira o encarte de independência do Comercial Bezerra



CALOTE - Estado suspende pagamento de dívidas com bancos

 Resultado de imagem para DÍVIDA
O Estado do Rio Grande do Norte suspendeu o pagamento de cinco empréstimos contratados com diferentes bancos até o fim deste ano. A dívida já acumula R$ 83 milhões e deve ser paga à União – que, por ser parte garantidora, assumiu as parcelas dos empréstimos. Caso não efetue o pagamento até a parcela de dezembro, o Estado vai ter uma dívida de pelo menos R$ 290 milhões com a União e corre o risco de ter as transferências do Fundo de Participação Estadual (FPE) paralisadas.
A suspensão dos pagamentos foi uma escolha do Estado diante da previsão de redução de receitas no período entre julho e outubro, além da falta de recursos extras. A prioridade do governo é pagar os servidores, de acordo com o secretário de Planejamento, Aldemir Freire.
Os cinco empréstimos, contratados com quatro bancos em 2013, deixaram de ser pagos na parcela de junho. O plano do Estado é retomar o pagamento das prestações com os bancos no fim do ano e utilizar os recursos do FPE ou a cobertura de créditos para ressarcir à União. As parcelas, somadas, custam R$ 41,5 milhões por mês, pagos à Caixa Econômica Federal (2 contratos), Banco do Brasil, Banco Mundial e BNDES.
Com o pagamento feito pela União, o Estado recebeu em julho uma notificação imediata do ente sobre bloqueio de R$ 41,5 milhões do FPE para cobrir os gastos – um movimento chamado, no direito, de “contragarantia”. A reação do governo foi iniciar uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a suspensão do bloqueio. O presidente do Supremo, Dias Toffoli, aceitou os argumentos do Estado e determinou liminarmente no dia 10 de julho que não fossem feitos bloqueios de recursos. A União não recorreu à decisão.
O procurador do Estado que assina a petição no STF, Carlos Frederico Braga, argumenta que a suspensão do pagamento dos empréstimos ocorreram “por motivos alheios à vontade dos gestores do Poder Executivo estadual”. E acrescenta: “Nem será possível realizar o pagamento das parcelas que vencerão nos meses subsequentes” devido a situação de calamidade financeira estatal.
Ao STF, o Estado afirma que a situação calamitosa se agravaria com um bloqueio do FPE, que é a segunda maior fonte de receitas, atrás da arrecadação do ICMS. O bloqueio causaria “a iminência de colapso financeiro a atingir até mesmo a continuidade de serviços públicos essenciais”.
Em defesa, a União alegrou que impedir a sanção diminui a segurança jurídica das operações e aumenta o risco dos bancos de realizarem empréstimos para os Estados, inclusive no Plano de Promoção de Equilíbrio Fiscal, criado para ajudar esses entes. Um outro risco seria ter que arcar com todos os empréstimos que ela esteja como garantia, o que causaria uma despesa de R$ 7,8 bilhões, de acordo com a advogada da União, Priscilla Silva Nascimento.
O presidente do Supremo, Dias Toffoli, considera na decisão o risco do Estado entrar em colapso, mas destaca que a União tem o direito da contragarantia. Como se trata de uma cautelar, Toffoli, além de impedir bloqueios, pede informações ao Estado sobre a viabilidade de pagamento dessa contragarantia até a definição do projeto de lei do Governo Federal para ajuda dos Estados, batizado “Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal”.
O projeto é a principal saída do Rio Grande do Norte para obter recursos extras e pagar dívidas. Na ação enviada ao STF, o Estado reclama da demora para o envio do projeto ao Congresso Nacional. Para o Estado, o projeto “já deveria ter sido aprovado e estar disponível para adesão dos Entes subnacionais, mas, por fatores imputáveis exclusivamente à União o referido plano ainda não foi aprovado”.
Após a decisão cautelar, o ministro Celso de Mello se tornou o relator do processo. A data para a apreciação não está definida.

Banco: Banco do Brasil
Valor da parcela: R$ 3.343.287,61
Banco: BNDES
Valor da parcela: R$ 2.461.114,86

Banco: Caixa Econômica
Valor da parcela: R$ 1.510.181,47

Banco: Caixa Econômica
Valor da parcela: R$ 2.905.397,11

Banco: Banco Mundial
Valor da parcela: R$ 31.280.000,00
Valor total das parcelas: R$ 41.499.981,15
Fonte: Secretaria de Planejamento e Finanças

Ivamar Domingos estreia programa na Nova Rádio Ouro Branco próxima segunda-feira (26)


Vem ai segunda-feira, dia 26 de agosto, mais um programa líder em audiência, apresentado por Ivamar Domingos. O programa vai ao ar de segunda à sexta das 4h00 às 5h00 da manhã na Nova Rádio Ouro Branco 99,5 FM de Currais Novos. Música sertaneja e muita interação serão os ingredientes do programa que promete movimentar o alvorecer na região do seridó.