quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Brasil fica entre os 10 piores em ranking de rendimento escolar

Organização divulgou relatório sobre o desempenho dos estudantes de 64 países e territórios. China, Cingapura e Coréia do Sul são melhores da lista.
A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico divulgou, nesta quarta-feira (10), o relatório sobre o desempenho dos estudantes de 64 países e territórios. O Brasil está entre os dez piores do mundo, com rendimento escolar baixíssimo em matemática, leitura e ciência. Indonésia teve a pior nota. China, Cingapura e Coreia do Sul são os melhores da lista. Mas o Brasil também melhorou, reduziu a quantidade de alunos com baixo rendimento no período entre 2003 e 2012.

Carnaval sem dinheiro das prefeituras em 1.884 cidades do País, aponta CNM



Levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que as prefeituras de 1.884 cidades do País não estão financiando festas de Carnaval em 2016 por causa da crise econômica e da queda de arrecadação. Metade desses prefeitos alegou falta de recursos para não bancar as festividades. Outros 47% disseram que o município tem outras prioridades no momento.
A CNM ouviu 2.903 dos 5.568 prefeitos brasileiros para fazer o estudo técnico. Em Pernambuco, foram ouvidos 46 dos 184 gestores, mas a pesquisa não lista os dados por estado. A entidade divulga apenas que as prefeituras mais afetadas são aquelas com menos de 50 mil habitantes.
Segundo o levantamento, 917 dos prefeitos ouvidos disseram financiar as festas carnavalescas de alguma forma. As três principais formas de apoio são, respectivamente, infraestrutura, ajuda financeira e segurança.
Dentre os prefeitos que disseram não bancar as festas de Carnaval, 35,35% afirmou que pretende investir o dinheiro na saúde e outros 29,5% indicou que os recursos serão investidos na área de educação.
Em 2015, 1.625 das cidades pesquisadas haviam contribuído com o Carnaval, gastando uma média de R$ 158 mil. Este ano, os municípios que investiram na folia aplicaram R$ 129 mil em média; o equivalente a 81% do ano passado.
“A retirada do apoio aos eventos de carnaval por mais da metade dos Municípios brasileiros reforça que a situação financeira do entes subnacionais tem se tornado cada vez mais incisiva. A redução dos repasses de recursos e arrecadações somados a expansão das responsabilidades e, consequentemente, dos gastos dos gestores locais implicam na necessidade da retirada do apoio aos carnavais locais”, conclui a CNM ao final do documento.
A pesquisa sobre o apoio ou não das prefeituras ao Carnaval 2016 foi realizada pela entidade entre os dias 19 e 28 de janeiro.


Bispos não são obrigados a relatar abuso infantil, diz Vaticano

Segundo um guia de instruções para bispos recém-nomeados, os clérigos não precisam comunicar as denúncias à polícia
O cardeal Bernard Law
O cardeal Bernard Law, que foi forçado a renunciar de seu cargo após escândalos de abuso sexual em sua arquidiocese de Boston, onde 150 padres foram acusados de molestar crianças(VEJA.com/AFP)
Um novo documento divulgado pelo Vaticano isenta os bispos da Igreja Católica da responsabilidade de reportar acusações de abuso de crianças por clérigos à polícia. Segundo o comunicado, os bispos devem se atentar às leis locais, mas sua única tarefa é comunicar os casos de abuso internamente, aos superiores dentro da Igreja.
"Não é necessariamente o dever dos bispos denunciar os suspeitos às autoridades, à polícia ou à promotoria local no momento em que ficam cientes dos crimes ou atos pecaminosos", informa o documento de treinamento, destinado principalmente aos novos bispos.
As orientações foram escritas por um monsenhor e psicoterapeuta francês, Tony Anatrella, que também serve como consultor do Conselho Pontifício para a Família. O Vaticano divulgou publicamente o documento - que faz parte de um programa de formação para bispos recém-nomeados - em uma coletiva de imprensa no início deste mês.
Embora reconheça que "a igreja tem sido particularmente afetada por crimes sexuais contra crianças", o guia de treinamento enfatiza estatísticas que mostram que a grande maioria dos abusos sexuais contra menores são cometidos dentro da própria família ou por amigos e vizinhos, não outras figuras de autoridade.
O curso de treinamento para novos bispos começou em 2001 e foi frequentado por cerca de 30% dos bispos católicos no mundo. O novo guia de orientações escrito por Anatrella começou a ser usado em setembro do ano passado, no curso de formação anual organizado pela Congregação para os Bispos.
Desde o início de seu papado, o papa Francisco pediu que a Igreja Católica enfrentasse os abusos de menores ou adultos vulneráveis com "tolerância zero", enfatizando que "tudo deve ser feito para livrar a igreja da praga do abuso sexual".

Fonte; REVISTA VEJA


PREFEITURA DE LAGOA NOVA ANUNCIA LEILÃO DE VEÍCULOS EM MARÇO

Os bens a serem leiloados são veículos inservíveis da administração municipal.
ALGUNS DOS ITENS QUE SERÃO LEVADOS A LEILÃO
A Prefeitura de Lagoa Nova irá realizar um leilão no 3 de março janeiro, às 10h00, no palácio Serrano, sede do poder executivo lagoanovense. Os bens a serem leiloados são veículos inservíveis pertencente a administração municipal. Segundo a prefeitura, os itens do leilão serão arrematados pelo maior lance oferecido, igual ou acima da avaliação. Para maiores informações, basta acessar o  LINK e conferir o edital.

ACIDENTE ENVOLVENDO DOIS CARROS DEIXA CINCO MORTOS NO SERTÃO DA PARAÍBA

Polícia suspeito que acidente foi provocado durante ultrapassagem (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
Cinco pessoas morreram entre elas três crianças, e mais seis pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois carros, entre as cidades de Paulista e São Bento, no Sertão paraibano. A colisão frontal aconteceu na noite desta segunda-feira (8) na rodovia estadual PB-293 e três das vítimas morreram na hora, sendo o motorista de um dos carros, de 33 anos, o filho dele de 8 anos e outra criança de 5 anos. Segundo a Polícia Militar, outras duas vítimas de 4 e 27 anos morreram quando estavam sendo encaminhadas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.  De acordo com o relato de testemunhas, os carros de cores vermelha e prata bateram de frente depois de um deles ter feito uma suposta ultrapassagem proibida. No carro vermelho, que seguia no sentido Paulista para São Bento, havia sete pessoas. No veículo prata, que estava no sentido oposto, havia mais quatro. Todas as pessoas que morreram estavam no carro vermelho.

Com foco no saneamento e na saúde, CNBB lança hoje campanha da fraternidade 2016.

Tema deste ano é Casa Comum, Nossa Responsabilidade e o lema "Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca".

 
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic) lançam hoje (10) a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016. O tema deste ano é Casa Comum, Nossa Responsabilidade e o lema "Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca", com foco no saneamento básico, no desenvolvimento, na saúde integral e na qualidade de vida.
Dados divulgados pelo Conic mostram que, mesmo figurando entre as maiores economias do mundo, o Brasil tem mais de 100 milhões de pessoas sem saneamento básico. “O Estado brasileiro tem deficiência na prestação de serviços relacionados ao tratamento da água e do esgoto e à coleta de lixo”, informou a CNBB.
A abertura oficial da campanha ocorre hoje (10), Quarta-feira de Cinzas, às 10h30, na sede da CNBB, em Brasília, e será transmitida ao vivo por emissoras católicas de rádio e televisão. A cerimônia será presidida pelo bispo da Igreja Anglicana do Brasil e presidente do Conic, dom Flávio Irala. Participam ainda diversas autoridades religiosas e civis, como o arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, dom Sergio da Rocha, e o ministro das Cidades, Gilberto Kassab.
Campanha ecumênica
A primeira campanha da fraternidade ecumênica foi realizada em 2000, com o tema Dignidade Humana e Paz e lema "Novo milênio sem exclusões". A segunda, em 2005, teve como tema Solidariedade e Paz e lema "Felizes os que promovem a paz". A campanha de 2010 tratou de Economia e Vida, a partir do lema "Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro".


terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Estrutura da obra de transposição do São Francisco se rompe em PE


Água está vazando há três dias. Ministério da Integração Nacional informou que os serviços emergenciais de contenção da água estão dando resultado.
Na zona rural de Cabrobó, em Pernambuco, uma estrutura da obra de transposição do Rio São Francisco se rompeu em alguns pontos. A água está vazando há três dias.
O trecho já estava pronto e em período de testes. As paredes também têm rachaduras. O Ministério da Integração Nacional informou que os serviços emergenciais de contenção da água já estão dando resultado. Mas que a análise das causas do vazamento só vai ser feita depois que o canal secar.




Porte de CNH pode deixar de ser obrigatório

O porte da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo pode deixar de ser obrigatório.

Porte de CNH pode deixar de ser obrigatrio
O porte da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo pode deixar de ser obrigatório, segundo o Projeto de Lei 8022/14, aprovado pela Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados.
De acordo com as autoras do projeto, a ex-deputada Sandra Rosado e a deputada Keiko Ota (PSB-SP), as autoridades de trânsito têm sistemas online, que permitem a verificação instantânea da situação do condutor e do veículo, mesmo que o motorista não esteja portando a CNH ou o documento do carro.
Ainda segundo o projeto de lei, em caso de impossibilidade de consulta ao banco de dados, a multa e a pontuação na carteira devem ser canceladas se o condutor apresentar em 30 dias a CNH e/ou o comprovante de pagamento do licenciamento.
Para ser aprovado na Comissão de Viação e Transportes, uma emenda foi adicionada ao projeto, tornando obrigatório o porte de outro documento legal de identificação do condutor. O texto ainda vai ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
De acordo com o presidente da Anfavea (associação dos fabricantes de veículos), Luiz Moan, a carga tributária sobre os automóveis no Brasil é de 54,8%. Diante disso, calculamos o preço dos carros mais vendidos no Brasil em cada segmento sem os impostos.


RN LIDERA O RANKING DOS ESTADOS AMEAÇADOS PELA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

Rio Grande do Norte encabeça a lista dos 20 estados ameaçados pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Os Estados arrecadaram em 2015 quase R$ 30 bilhões a menos do que era esperado, por causa da crise econômica que assolou e continua assolando o país, atingindo a todos os setores. Com a Lei de Responsabilidade Fiscal vieram os limites sobre os gastos a serem feitos. Com isto, a situação está complicada e tem muitos governadores reclamando. Por causa deste cenário a expectativa é que em 2016 tornamos repetir o que aconteceu no ano passado, com pagamentos atrasados para os servidores.
Os estados em pior situação são o Rio Grande do Norte, que lidera a lista dos 20 estados ameaçados pela lei de responsabilidade fiscal, com o percentual de 52,53 %, que são gastos com pessoal em relação a receita corrente líquida, em seguida vem os estados de Tocantins, Mato Grosso e o Rio Grande do Sul, que seguindo o exemplo do RN já ultrapassaram e muito os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal no ano passado.

Repasses federais diminuíram


Para complicar ainda mais a situação dos estados brasileiros, os repasses federais tiveram uma redução brusca, ficando bem abaixo dos valores repassados há um ano. No Brasil, 20 estados estão comprometidos com suas finanças e se no ano passado já estava difícil, neste ano pode ser ainda pior, pois vários estados já ultrapassaram os limites que estavam estabelecidos e é geral o endividamento dos governos.

LEI QUE CRIA PROGRAMA DE COMBATE AO BULLYING COMEÇA A VALER ESTA SEMANA

TEXTO CARACTERIZA O BULLYING COMO TODO ATO DE VIOLÊNCIA FÍSICA OU PSICOLÓGICA
A partir desta semana, escolas, clubes e agremiações recreativas em todo o país deverão desenvolver medidas de conscientização, prevenção e combate ao bullying. A lei que institui o chamado Programa de Combate à Intimidação Sistemática foi sancionada em novembro passado e prevê a realização de campanhas educativas, além de orientação e assistência psicológica, social e jurídica às vítimas e aos agressores.
O texto estabelece que os objetivos propostos pelo programa poderão ser usados para fundamentar ações do Ministério da Educação, das secretarias estaduais e municipais de educação e também de outros órgãos aos quais a matéria diz respeito. Entre as ações previstas está a capacitação de docentes e equipes pedagógicas para a implementação das ações de discussão, prevenção, orientação e solução do problema.
Ainda de acordo com a legislação, a punição aos agressores, em casos de bullying, deve ser evitada, tanto quanto possível, “privilegiando mecanismos e instrumentos alternativos que promovam a efetiva responsabilização e a mudança de comportamento hostil”.
O texto caracteriza o bullying como todo ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo, que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima em uma relação de desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas.
A previsão é que sejam produzidos e publicados relatórios bimestrais das ocorrências de bullying nos estados e municípios para o planejamento das ações. Segundo a lei, os entes federados poderão firmar convênios e estabelecer parcerias para a implementação e a correta execução dos objetivos e diretrizes do programa.(AE)