quinta-feira, 23 de maio de 2019

Produtor de queijo laurentinense participa de competição na França


Lucenildo Firmino é dono de queijeira em Tenente Laurentino Cruz — Foto: João Vital/Governo do RN

O potiguar Lucenildo Firmino, de 40 anos, vai deixar por alguns dias a pequena cidade de Tenente Laurentino Cruz, que tem cerca de 6 mil habitantes na Região Seridó do Rio Grande do Norte, para ganhar o mundo. O produtor teve o seu queijo selecionado para disputar a 4ª edição do "Mondial Du Fromage – Et Des Produits Laitiers", competição mundial que reúne representantes de 38 países e acontece na cidade de Tours, na França, entre os dias 2 a 4 de junho.
Essa será a primeira vez que um queijo artesanal produzido no Rio Grande do Norte será exposto e avaliado na competição. "É muito emocionante. Isso é fruto de um trabalho plantado lá atrás que está sendo colhido agora. Estou levando o nome do Seridó, de toda a cadeia produtiva de queijo da região. Só de participar, já estou muito feliz", conta Lucenildo.

PRF autua 39 motoristas por exercício ilegal da profissão em Santa Cruz

Durante toda a última quarta-feira (22), a Polícia Rodoviária Federal realizou comando de fiscalização à transporte coletivo de passageiros, na BR 226, em Santa Cruz/RN.
O objetivo principal da ação foi garantir a segurança viária nesse tipo de transporte, prevenindo acidentes e a repressão aos ilicitos criminais, durante a festa de Santa Rita de Cassia Foram fiscalizados todos os tipos de transporte coletivos, ônibus, microônibus, veículos de aluguel, particular e oficial, alem das linhas e fretamentos, como também o escolar.

A operação contou com o apoio de cinco fiscais do DER, que foram fundamentais para a conclusão dos trabalhos. De acordo com o DER, o RN, em 2015, tinha 800 ônibus e microônibus cadastrados no transporte intermunicipal. Atualmente esse número reduziu para 200.

O resultado da operação mostrou um total de 51 veículos fiscalizados, sendo dois deles recolhidos ao pátio da conveniada, 53 pessoas fiscalizadas, sendo 14 dessas submetidas ao teste de etilômetro. Doze CRLVs foram recolhidos por alguma irregularidade a ser sanada no veículo e 127 autos de infração foram lavrados.

Destacam-se ainda 39 pessoas detidas por estarem em exercício ilegal da profissão, crime previsto no art. 47 das Leis de Contravenções Penais, e foram submetidas a TCO, tendo que comparecer em juízo quando solicitado.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Profissionais da educação recebem palestras com profissionais do DETRAN, SAMU e 2º GPRE

A ação da faz parte da semana de segurança no transito em Lagoa Nova, onde estão sendo realizadas uma série de palestras educativas.
Felipe Péricles, representando o DETRAN foi o primeiro palestrante da noite
Dentro da agenda de atividades da semana de segurança no transito, foi realizada na noite desta quarta-feira, dia 22 de maio palestras com profissionais do DETRAN, SAMU E 2º GPRE, destinadas aos educadores do município de Lagoa Nova. Felipe Péricles, instrutor de transito e assessor técnico da escola pública de transito de DETRAN, foi abriu a série de palestras da noite, onde o mesmo fez uma explanação sobre o transito, como trafegar dentro da legalidade da legislação vigente. 
A enfermeira Lígia Dayane e o técnico de enfermagem Val Araújo ambos do SAMU repassaram varias informações sobre como funciona o serviço como também noções de primeiros socorros
Na sequência foi a vez da equipe do SAMU, formada pela enfermeira e coordenadora do SAMU, Lígia Dayane e do técnico de enfermagem e vereador Val Araújo. Que explicaram com o funciona o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência além de noções teóricas e práticas em primeiros socorros nos casos de desmaios, engasgo, parada cardíaca respiratória, traumas e convulsões. 
Os técnicos do SAMU mostram a forma correta de prestar os primeiros socorros em caso de trauma


E encerrando as palestras, o tenente Nascimento do 2º GPRE, que abordou a competência e áreas de atuação da polícia de transito, cujo principal papel é de manter a ordem pública, fiscalizando e prevenindo o trânsito para assim garantir a segurança pública através do exercício do poder de polícia e, assim, garantir a segurança dos cidadãos que se utilizam do trânsito de qualquer. 

 Tenente Nascimento do 2º GPRE
Da comissão de pessoas responsáveis pela agenda palestras estavam o vereador Lourival Adão que juntamente com o vereador Val Araújo representam o poder Legislativo, Sulamita Aciole, secretária de administração, representando a prefeitura de Lagoa Nova, Genílson Félix, representante da secretaria municipal de  educação e a presença do vereador Júnior Galvão.
O vereador Lourical Adão esteve presente onde fez a abertura do evento e falou da importancia da ação que visa um transito mais seguro para a cidade de Lagoa Nova.





Operação Forró: MPF denuncia delegado da Polícia Civil por envolvimento com quadrilha

Denúncia contra Sílvio Fernando já foi recebida pela Justiça Federal, que decretou indisponibilidade de bens no valor de R$ 58 mil

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o delegado aposentado da Polícia Civil Sílvio Fernando Nunes Silva por receber propina de dois grupos investigados pela Operação Forró, ligados à exploração de jogos de azar com uso de máquinas eletrônicas (os chamados caça-níqueis) montadas com componentes de importação proibida. Em troca, ele permitia a continuidade das atividades ilegais. Agora poderá responder pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha (art. 288, parágrafo único, do Código Penal, em sua redação originária).

O dinheiro - pelo menos R$ 58.170 - era recebido em espécie e acabava depositado em sua conta, de forma fracionada para tentar fugir aos mecanismos de controle. Os valores foram recebidos entre setembro de 2011 e abril de 2013, quando Sílvio Fernando era titular da Delegacia Especializada em Defesa do Consumidor (Decon), que incorporou as funções da Delegacia Especializada em Costumes (DEC), responsável pela repressão aos jogos de azar. A Justiça Federal já determinou a indisponibilidade de bens do réu, até a quantia de R$ 58.170.

Dos demais envolvidos, o MPF aponta a relação direta dele com, pelo menos, o policial militar reformado José Anselmo Soares Filho e o seu amigo Wagner Miguel de Araújo Galvão, conhecido como “Novinho do Gás”. Os dois ajudavam a dar proteção ao “grupo dos cariocas” e ao “grupo de Paulinho”, que mantinham diversos pontos de jogos de azar na capital potiguar.

Ambos serviam de intermediários do delegado e cobravam uma média de R$ 3 mil por semana de cada um dos grupos. “Em consequência das promessas e dos repasses de vantagens pecuniárias indevidas, ele (Sílvio) realmente se omitiu de seus deveres funcionais e viabilizou a contínua exploração de jogos de azar”, ressalta a denúncia. Em 2013, a movimentação financeira do delegado foi mais que o dobro de seus rendimentos líquidos recebidos formalmente da Polícia Civil.

Sacolinha - A participação do delegado no esquema foi apontado por um dos líderes do grupo dos cariocas, Eduardo Madureira, em acordo de colaboração premiada. Segundo ele, pelo recebimento das propinas o titular da Decon ficou conhecido como “Sílvio Sacolinha”. Foram autorizados, então, os afastamento dos sigilos fiscal e bancário e a análise dos dados revelou que Sílvio “efetivamente se associou, de modo estável e permanente” aos dois grupos criminosos.

Eduardo relatou um encontro no estacionamento de um shopping de Natal para tratar do pagamento de propina, do qual o próprio delegado participou. Na ocasião foram cobrados R$ 7 mil para a abertura de uma nova casa de jogos, além da quantia semanal. Somado a conversas telefônicas interceptadas pela Operação Forró (deflagrada em dezembro de 2013), Sílvio Fernando também é citado direta ou indiretamente em várias mensagens de celular trocadas pelos demais criminosos.

Operações fakes - Em uma dessas mensagens, eles falam de operações de combate promovidas por outras delegacias e indicam que as ações eram consideradas uma forma de “desmoralizar Sílvio”. Algumas vezes as ações eram da própria Decon, contudo serviam mais como forma de pressão para garantir que as propinas continuassem a ser repassadas. Nesses casos, não eram adotadas todas as providências devidas. O delegado lavrava simples termos circunstanciados de ocorrência e deixava de apurar a provável prática do crime de contrabando, não enviando os equipamentos para perícia e muito menos tomando medidas para remessa dos elementos à Polícia Federal ou à Justiça Federal

Os envolvidos chegaram a lamentar a saída de Sílvio da delegacia, em 2013, o que dificultou o andamento dos “negócios” dos dois grupos. Há conversações, inclusive, no sentido de buscar algum nome que permitisse a continuidade do esquema de propina, já que com o delegado que tomou o seu lugar não “teria esquema”. Os criminosos reclamam que o novo titular teria dito que “vai atrás de tudo” e “falou que vai moralizar a delegacia”. Também há diálogos lamentando os pedidos recorrentes para que a propina paga fosse aumentada. Chegou a se cobrar um valor de R$ 6 mil semanais de cada grupo, para que nenhuma casa de jogos fosse reprimida.

Moto - A proximidade de Sílvio com Wagner Miguel também ficou clara. Em um computador deste, apreendido pela “Operação Forró”, foi encontrado arquivo contendo planilhas de 2009 em que constam pagamentos ao lado da menção: “moto Dr. Silvio”. O delegado declarou que nunca teve uma motocicleta, porém as investigações do MPF demonstraram que, na época e até hoje, existia e existe uma cadastrada em seu nome. Diversos cheques de Sílvio, totalizando R$ 6 mil, também foram emitidos para a empresa de “Novinho do Gás”, mantido em nome de sua sobrinha.

Além da condenação pelos crimes, o MPF requer o pagamento de danos morais causados por suas condutas, “especialmente à imagem da Polícia Civil do Rio Grande do Norte”, em um valor mínimo de R$ 58 mil, atualizado com juros e correção monetária; assim como a decretação da perda de sua aposentadoria.

A ação penal irá tramitar na Justiça Federal sob o número 0802910-44.2019.4.05.8400.

Sindicatos da saúde realizam ato público unificado contra aumento da jornada de trabalho



Entidades sindicais decidiram ontem (21), em reunião no Sindicatos dos Médicos do RN (Sinmed RN), realizar ato público unificado contra o aumento da jornada dos trabalhadores da saúde. A manifestação vai acontecer em frente a prefeitura de Natal, dia 30 de maio, às 9 horas.
A Secretaria Municipal de Saúde de Natal publicou no último dia 03 de maio a Portaria 60/2019 que trata da jornada de trabalho em regime de plantão para todas as categorias de servidores da saúde do município.
A Portaria aumenta de 10 para 12 plantões para os servidores contratados por 40 horas. O documento altera também os contratos de 30h e 20h.
Para o presidente do Sinmed RN, Geraldo Ferreira, essa foi uma medida autoritária uma vez que “já existiam acordos entre o Sinmed e secretaria de saúde para o cumprimento de 10 plantões. Acordos feitos ao longo de décadas”.
No entendimento das entidades, o aumento da jornada de trabalho que faz com que os profissionais adoeçam com a sobrecarga de trabalho, causando inclusive um prejuízo em cadeia uma vez que a população terá o atendimento prejudicado.
Na pauta de reivindicações dos sindicatos e servidores da saúde estão ainda condições de trabalho, data base, estruturação das unidades e saúde pública de qualidade para todos.
Luta conjunta dos sindicatos da saúde de Natal: SINMED RN, SOERN, SINDSAÚDE, SINDERN, SINTTAR e SIPERN.


Elizete Florêncio conquista medalha no Campeonato Estadual de Atletismo para adultos

Aconteceu nesse último final de semana na Pista de Atletismo da UFRN em Natal, mais uma edição do Campeonato Estadual de Atletismo para adultos e mais uma vez a atleta Lagoanovense esteve presente no pódio da competição na prova de 10km obtendo o 3° lugar e consequentemente a sua terceira medalha em competições oficiais.
O campeonato serviu de Seletiva para o Troféu Norte-Nordeste de adultos que acontecerá em Recife no próximo mês de Junho.

Agradecimentos a Prefeitura de Lagoa Nova pela disponibilidade do transporte para que a atleta pudesse participar do evento que contou com a participação de vários municípios do Rio Grande do Norte.

Atenção com notas falsas no comércio de Lagoa Nova, comerciantes devem redobrar atenção ao receber pagamentos em espécie


Recebemos uma denúncia de um comerciante que em Lagoa Nova estão passando notas falsas de 100,00 reais. E para evitar esse golpe é preciso que os comerciantes confiram todas as notas de 100,00 e 50,00 reais. Detalhe um detalhe interessante é que são praticamente idênticas e confundem facilmente. Tem leve diferença no papel pois parece foi lavada. Outra coisa importante é que na parte prateada tem que aparecer 100,00 E quando a pessoa mexe aparece REAIS. NAS FALSAS APARECE APENAS 100,00 falta o nome reais.

Dentro da campanha de conscientização do trânsito, alunos das João XXIII e Manoel Luís de Maria recebem palestras educativas

Foto: Escola Municipal João XXIII

Dentro da programação da campanha de conscientização do trânsito, está sendo realizada uma série de palestras educativas nas principais escolas do município. Na manhã de hoje os três representantes da comissão escolhida para articular as ações da campanha de prevenção, vereador Val Araújo, representando o poder legislativo, Genilson Felix, Secretaria de Educação e Djanilza Cano representando o hospital Maternidade Garibaldi Alves Filho e o  instrutor do 2º GPRE, cabo Amaral, realizando uma série de palestras educativas para os alunos das respectivas escolas. As palestras continua no turno vespertino de ambas escolas e a noite será realizada a última palestra do dia no Ginásio de Esporte o João Balão, destinadas aos professores da rede municipal e estadual de ensino. 
Palestrantes:Equipe do 2º GPRE, Policia Militar, Hospital e  SAMU. Comissão Responsável: Genilson, Djanilza Cano e Lourival Adão.

Foto: Escola Municipal João XXIII
Foto: Escola Municipal João XXIII
Foto: Escola Municipal João XXIII
Foto: Escola Estadual Manoel Luís de Maria
Foto: Escola Estadual Manoel Luís de Maria
Foto: Genilson Félix, Val Araújo,cabo Amaral, Djanilza Cano e Benta Assunção, gerstora da Escola Estadual Manoel Luís de Maria
Foto: Escola Estadual Manoel Luís de Maria