quarta-feira, 22 de maio de 2024

Academia Pitbull Brothers Brilha no Campeonato Estadual de Jiu-Jitsu 2024 com Oito Medalhas Conquistadas

No último domingo, 19 de maio, a equipe da Academia Pitbull Brothers de Lagoa Nova se destacou no Campeonato Estadual de Jiu-Jitsu 2024, realizado na capital do estado. Com a participação de seis atletas, a equipe retornou para casa com um total de oito medalhas, sendo quatro de ouro, duas de prata e duas de bronze.

Os atletas que representaram a Pitbull Brothers mostraram garra e talento, conquistando posições de destaque no pódio. Confira os resultados individuais:

Heudes Silva: Medalha de ouro - campeão estadual 2024 categoria superpesado M2
Kaio Galvão: Medalha de ouro e medalha de bronze - campeão absoluto - leve 2024 e 3º lugar estadual 2024 adulto pena.
Fábio Tavares: Medalha de ouro e medalha de prata - campeão estadual 2024 categoria médio  M1 e vice-campeão estadual 2024 absoluto pesado. 
Alice Silva: Medalha de ouro - Campeã estadual juvenil - médio 2024 categoria médio  M1
Suelania: Medalha de prata - vice-campeã estadual 2024 adulto leve
Shay: Medalha de bronze - 3º lugar juvenil estadual 2024 

A performance da equipe foi notável, demonstrando a qualidade dos treinamentos e a dedicação dos atletas e técnicos da Academia Pitbull Brothers. Heudes Silva, Kaio Galvão, Fábio Tavares, Alice Silva, Suelania, e Shay enfrentaram adversários de alto nível e mostraram excelência em suas categorias.

Os resultados alcançados no campeonato são motivo de orgulho para Lagoa Nova e para todos que acompanham o trabalho da academia. A Pitbull Brothers continua a se consolidar como um centro de referência no jiu-jitsu, formando atletas de ponta e elevando o nome do município no cenário estadual.

Parabéns a todos os atletas e à equipe técnica pela conquista!

terça-feira, 21 de maio de 2024

Aliança Energia inaugura Complexo Eólico Acauã no Rio Grande do Norte

Complexo está localizado nos municípios de Santana do Matos, Lagoa Nova, São Vicente e Tenente Laurentino Cruz, terá capacidade para abastecer 580 mil residências com 109,2 MW de potência instalada
Nesta terça-feira, 21 de maio, a Aliança Energia inaugurou o Complexo Eólico Acauã, localizado no estado do Rio Grande do Norte, com 26 aerogeradores, capacidade instalada de 4,2 MW cada, distribuídos em quatro parques eólicos nos municípios de Santana do Matos, Lagoa Nova, São Vicente e Tenente Laurentino Cruz.

O evento foi realizado na área do aerogerador BST 11, que compõe o Parque Acauã II, e reuniu autoridades estaduais e municipais, lideranças comunitárias, Polícia Militar, além de representantes do Conselho Administrativo da Aliança, da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) e das empresas responsáveis pela execução da obra, como Alvarez & Marsal, WEG, Elastri, Engelmig, Afaplan e SNEF Brasil.

O empreendimento conta com uma linha de transmissão de 17,7 km de extensão, com 53 torres de aço galvanizado, que conecta o complexo à subestação, integrando a energia gerada ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Com potência instalada de 109,2 MW, o complexo poderá abastecer cerca de 580 mil residências no padrão médio de consumo do Nordeste.

A construção do projeto gerou mais de 800 empregos, grande parte ocupados por moradores do Rio Grande do Norte. O investimento total no complexo é de R$ 732 milhões.

Carlos Henrique Afonso, diretor administrativo do Complexo Eólico Acauã, destacou a importância do projeto. "A conclusão deste importante empreendimento contribuirá para a geração de energia renovável na matriz elétrica brasileira. Ressaltamos a importância de cada colaborador que participou desta obra, tornando-a referência em práticas seguras e sustentáveis no setor", destaca.

Aliança Energia

A Aliança Energia é uma empresa brasileira com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais, que atua no mercado de geração e comercialização de energia elétrica. É uma das maiores companhias privadas do setor no Brasil, com capacidade total instalada de 1.298,6 MW, por meio de sete usinas hidrelétricas em operação em Minas Gerais, e dois Complexos Eólicos no Ceará.

Currais Novos se Prepara para o Cactus Moto Fest 2024 com Shows de Paulo Miklos e RPM

A cidade de Currais Novos está prestes a vibrar com o som das motocicletas e o ritmo do rock durante o aguardado Cactus Moto Fest 2024. O evento, que ocorrerá entre os dias 24 e 26 de maio, promete uma programação imperdível para os amantes de motos e música, destacando-se os shows de Paulo Miklos e RPM.

Atrações Musicais de Peso

Paulo Miklos, ex-integrante dos Titãs, será uma das grandes atrações do evento. Miklos, que ganhou notoriedade como um dos principais roqueiros do Brasil, tem uma carreira marcada por sua versatilidade como cantor, guitarrista e ocasionalmente tecladista e saxofonista. Ele participou de grandes álbuns clássicos da banda Titãs, contribuindo para a consolidação do rock brasileiro. Desde sua saída da banda em 2016, Miklos tem se dedicado a projetos individuais, continuando a encantar o público com sua música.

O RPM, uma das bandas mais icônicas do rock nacional, também marcará presença no festival. No entanto, a banda se apresenta sem seu icônico baixista e vocalista Paulo Ricardo, que integrou o grupo desde sua formação em 1983. Durante o auge da banda, o RPM vendeu mais de 2,7 milhões de cópias, deixando um legado significativo na música brasileira. Paulo Ricardo, além de seus sucessos com o RPM, fez história com trilhas sonoras de novelas como "Pérola Negra", "A Usurpadora" e "Estrela Guia". Ele também mostrou seu talento como ator na novela "Esperança" em 2002 e em "Rock Star" em 2017, além de ter sido jurado no programa "SuperStar" da Globo.

Programação Diversificada

O Cactus Moto Fest não se limitará apenas às atrações musicais. A programação incluirá desfiles de motocicletas, exposições de motos customizadas, competições e uma série de atividades para toda a família. A cidade de Currais Novos se prepara para receber um grande número de visitantes, aquecendo a economia local e proporcionando momentos de lazer e entretenimento para moradores e turistas.

Serviço:

· Evento: Cactus Moto Fest 2024
· Data: 24 a 26 de maio de 2024
· Local: Currais Novos, RN
· Atrações Principais: Paulo Miklos, RPM

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Programa estadual de recuperação de estradas segue com obras na rodovia RN-015

Serviço entre os municípios Mossoró e Baraúna compreende trecho de 44 quilômetros de melhoria na pavimentação

Mais um trecho do Lote 1 do Programa de Restauração de Rodovias Estaduais foi iniciado nesta segunda-feira (20). O Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER) começou os serviços de recuperação na RN-015, entre Mossoró e Baraúna, abrangendo um trecho de 44 quilômetros.

A obra faz parte dos 210,5 quilômetros que serão contemplados no Lote 1. Além do trecho iniciado na RN-015, o DER prevê a recuperação de 41 quilômetros da RN-177, entre Pau dos Ferros e São Miguel. No último sábado o programa de restauração foi iniciado pelo trecho entre Mossoró e Governador Dix-sept Rosado.

Ao todo, o programa de recuperação prevê melhorias em 800 quilômetros nos sete distritos rodoviários do Estado, com um investimento de R$ 428 milhões. O conjunto de obras será financiado por recursos da primeira parcela do empréstimo no âmbito do Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal (PEF).

As obras iniciadas no último sábado (18) na rodovia RN-117, entre Mossoró e Governador Dix-sept Rosado, já se aproximam do entroncamento na BR-304, que interliga as duas cidades.

CONFIRA OS TRECHOS CONTEMPLADOS NO LOTE 1

1° Distrito (Mossoró)

RN-015 - Mossoró/Baraúna - 44,0 km
RN-117 - Entroncamento da BR-304 (Mossoró) a Governador Dix-sept Rosado - 34,0 km
Estrada: Tibau/Grossos - 17,5 km

Total no Distrito: 95,5 km

6° Distrito (Pau dos Ferros)

RN-079 - Entroncamento BR-405/Marcelino Vieira/ Alexandria/Divisa RN-PB - 38,0 km
RN-177 - Rodolfo Fernandes/Entr. BR-405 - 11,0 km
RN-177 - Viçosa/Portalegre - 8,0 km
RN-177 - Francisco Dantas/ Entroncamento BR-226 (Pau dos Ferros) - 8,0 km
RN-177 - Pau Ferros/Encanto/São Miguel - 41,0 km RN-177 - São Miguel/Coronel João Pessoa - 9,00 km

Total do Distrito: 115,0 km
Total do lote 1: 210,5 km

Seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025

O pagamento de indenização por invalidez ou morte a pedestres e motoristas voltará a ser feito no país com a criação do Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito (SPVAT). A taxa que viabilizará o serviço começará a ser cobrada em 2025 dos proprietários de veículos automotores.

Diferente do antigo Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT), extinto em 2020, a nova versão do seguro obrigatório traz entre as novidades o pagamento das despesas médicas às vítimas de acidentes em vias públicas. Serão garantidos os custos de atendimentos médicos, fisioterapia, medicamentos, equipamentos ortopédicos, que não sejam disponibilizados pelo Sistema Únicos de Saúde (SUS).

Assim como no antigo serviço, haverá indenização em caso de morte ou invalidez e também serão cobertas as despesas dos serviços funerários, ou de reabilitação em caso de invalidez parcial. Companheiros e herdeiros das vítimas receberão os valores em acidentes com vítimas fatais.

As indenizações serão pagas pela Caixa Econômica Federal em um prazo de até 30 dias após o acidente, conforme tabela estabelecida pelo Conselho Nacional de Seguros Privados. O banco público também será responsável pela gestão do fundo em que serão depositados os valores das taxas pagas por proprietários de veículos automotores.

As regras foram estabelecidas pela Lei Complementar 207/2024 publicada nesta sexta-feira (17) no Diário Oficial da União após a sanção parcial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Foram vetados dois artigos aprovados pelo Congresso Nacional que tratavam da aplicação de multa por atraso no pagamento da taxa. Na justificativa do veto, o ônus foi considerado excessivo para um serviço considerado de caráter social.

Franck Miranda Lança Novo Single "É Assim que a Banda Toca" em Todas as Plataformas Digitais

 

Neste domingo, 19 de maio, o cantor Franck Miranda lançou seu mais recente trabalho, o single autoral intitulado "É Assim que a Banda Toca". A faixa já está disponível em todas as principais plataformas digitais, incluindo Spotify, Deezer, YouTube, iTunes, Tidal e Sua Música.

Franck Miranda iniciou sua carreira artística em 1992, aos 12 anos de idade, quando seu professor Francisco Carlos Ferreira o convidou para compor o grupo musical "Carlinhos e Banda" em Currais Novos/RN. Três anos depois, ele passou a integrar o grupo "Baiano Show", também de Currais Novos. Com destaque em suas apresentações, Franck recebeu diversos convites, culminando em 1999 com sua entrada na "Banda Tigres", uma banda baile reconhecida em todo o Nordeste e empresariada pela mesma produtora da "Banda Tártaros".

No ano 2000, Franck se juntou à banda "Os Mauricinhos do Forró" de Parelhas/RN, com a qual viajou por todo o Brasil e participou de vários programas de rádio e televisão de alcance nacional. Entre os sucessos que marcaram sua trajetória estão "Vou Largar Dessa Mulher", que vendeu 100.000 cópias e rendeu um Disco de Ouro, e "Tá Mesmo Dentro", de sua autoria.

Após seu sucesso com "Os Mauricinhos do Forró", Franck também integrou as bandas "Forrozão Sent’nela" de Patos/PB e "Saia Rodada" de Caraúbas/RN, a banda de forró mais destacada no cenário nacional na época. Sua carreira o levou ainda à banda "Capú de Fusca" de Pombal/PB, onde um acidente com o ônibus da banda o fez reconsiderar as viagens.

Decidido a seguir carreira solo em 2009, Franck optou por se dedicar a eventos próximos de sua cidade natal, acumulando 10 CDs gravados em diversos estilos musicais, como forró, arrocha e carimbó. Ele realizou parcerias com artistas renomados, como Adônis Antônio, Giullian Monte, Xand Avião e Natália Calazans, e sempre incluiu músicas de sua autoria em seus trabalhos, com destaque para "Remédio".

Atualmente, além de seguir carreira solo, Franck participa da banda Forró de Autoridade de Currais Novos e se dedica a eventos como bares, casamentos, festas privadas e trabalhos de jingle e produções audiovisuais. Continuando a compor e viver de sua arte, Franck Miranda lança "É Assim que a Banda Toca" como mais um marco em sua longa e diversificada trajetória musical.

Comunidade Católica de Lagoa Nova Celebra a 67ª Festa do Agricultor

 

Foto: TV Lagoa Nova

Neste domingo, 19 de maio, a comunidade católica de Lagoa Nova viveu um dia repleto de alegria e fé durante as celebrações da 67ª Festa do Agricultor. O evento, tradicional na cidade, que este ano trouxe o tema: TEMA: "Chuvas ... chuvas: Quero louvar e agradecer ..."

Reuniu agricultores e a comunidade em geral em um momento de confraternização e espiritualidade.

As festividades começaram no Centro de Treinamento da Agricultura Familiar Francisca Elita Victor, onde foi servido um café da manhã especial para todos os presentes. Agricultores, suas famílias e membros da comunidade desfrutaram do momento de convivência, fortalecendo os laços e celebrando a importância da agricultura para a região.

Após o café, os participantes saíram em desfile pela Avenida Sílvio Bezerra de Melo, levando a alegria e o espírito da festa pelas ruas da cidade. O desfile foi marcado por populares caracterizados, como também veículos agrícolas e equipamentos da roça, simbolizando a rica cultura agrícola de Lagoa Nova.

O ponto alto da festa foi a celebração da Missa do Agricultor, realizada no Espaço da Feira Livre. A missa, celebrada pelo Padre Welson Rodrigues, contou com a participação de um grande número de fiéis, que juntos agradeceram e pediram bênçãos para suas colheitas e famílias. Padre Welson, em sua homilia, destacou a importância da fé e da união na vida dos agricultores, reforçando o papel vital da agricultura na sustentação da comunidade.

A 67ª Festa do Agricultor foi um sucesso, reforçando a tradição e a devoção da comunidade de Lagoa Nova. Momentos como esse são essenciais para valorizar e reconhecer o trabalho árduo dos agricultores, que dedicam suas vidas para produzir alimentos e sustentar a economia local.

As celebrações deste ano foram um testemunho da força e da união da comunidade de Lagoa Nova, que, movida pela fé e pela gratidão, continua a honrar e celebrar seus agricultores.

domingo, 19 de maio de 2024

Ary Maia Lança Novo Single "Homem do Campo" em Parceria com Aldair Potiguar e Targino

O cantor potiguar Ary Maia, natural de Lagoa Nova, continua a encantar os fãs com seu talento e dedicação à música. Recentemente, Ary Maia lançou mais um single, intitulado "Homem do Campo", fruto de uma parceria com Aldair Potiguar e Targino, que são os autores da canção. Os arranjos musicais também foram elaborados por Aldair Potiguar.

Com uma interpretação perfeita, Ary Maia enaltece a importância do agricultor, destacando a relevância desse trabalhador para a sociedade e a economia. A letra da música celebra a dedicação, o esforço e a resiliência dos homens e mulheres que cultivam a terra, ressaltando suas contribuições essenciais para a vida de todos.

Sobre Ary Maia

Ary Maia é um cantor e compositor conhecido por sua voz marcante e suas letras que retratam a vida e as tradições do Nordeste brasileiro. Nascido em Lagoa Nova, Ary sempre buscou inspiração em sua terra e nas pessoas ao seu redor, criando músicas que tocam o coração de muitos.

Com diversos trabalhos lançados ao longo dos anos, Ary Maia se destaca no cenário musical potiguar , conquistando fãs por onde passa e contribuindo para a valorização da cultura nordestina através de suas canções.

Sobre a 67ª Festa do Agricultor de Lagoa Nova

A Festa do Agricultor de Lagoa Nova é um dos eventos mais aguardados do calendário local, reunindo agricultores, familiares e a comunidade em geral para celebrar o trabalho e as conquistas no campo. A 67ª edição da festa contou com diversas atividades, incluindo exposições, feiras, apresentações culturais e shows musicais, reforçando o orgulho e a importância da agricultura para a região.

sábado, 18 de maio de 2024

Ritchie em turnê promove inédita e tributo a Rita Lee

 As comemorações dos 40 anos do megahit “Menina Veneno” e do lançamento do álbum “Vôo de Coração” continuam encantando o público na turnê “A Vida Tem Dessas Coisas”, que estreou em 2023. Ritchie, sempre inovador, surpreende os fãs com duas novidades: a regravação de “Ando Meio Desligado”, em homenagem a Rita Lee, e a inédita “Saudade Sem Passagem”, em parceria com Fausto Nilo. Ambas fazem parte de sua colaboração com a gravadora Biscoito Fino.

A maior roqueira da história do Brasil foi “a fada-madrinha” que mudou o curso da vida de Ritchie. “Rita Lee foi a primeira brasileira que conheci em Londres, em 1972, quando ela apareceu no estúdio onde eu estava gravando flauta no disco de uma banda londrina. Ficamos amigos logo de cara, ajudei ela a escolher sua primeira flauta transversal e, na ocasião, Rita me mostrou pela primeira vez ‘Ando Meio Desligado’”, diz ele, sobre a música que havia sido um grande hit da banda Mutantes.

Ritchie continua: “Arrisco acrescentar que, não fosse pelo encontro fortuito com Rita (e com toda aquela turma que veio junto com ela a Londres, um grupo que incluía o Liminha e a ‘Cilibrina’ Lucinha Turnbull), eu talvez jamais teria pisado em solo brasileiro. Os Mutantes me hospedaram na casa deles na Serra da Cantareira, em São Paulo. Rita, Arnaldo e Sérgio ajudaram a formar minha primeira banda brasileira, a Scaladácida, naquele mesmo ano. Devo muito à gentileza e carinho deles todos, em especial à Rita”.

A capa do single, com produção musical de Eron Guarnieri, Renato Galozzi e do próprio Ritchie, estampa uma foto do arquivo pessoal do compositor. “Essa foto foi feita no dia da nossa viagem ao País de Gales, em 1972, o mesmo em que Rita me convidou para conhecer o Brasil. Viva Rita Lee Jones! Sejamos Mutantes!”, finaliza.

Sobre a música inédita em parceria com Fausto Nilo, Ritchie diz que existem certas canções que ficam guardadas no fundo da gaveta, aguardando a hora certa de nascer. “Às vezes é uma gestação de anos. Às vezes é porque elas possuem linhas melódicas ou palavras ainda a serem desvendadas. ‘Saudade Sem Passagem’ é uma dessas. A harmonia e melodia principal surgiram pela primeira vez na minha cabeça em 2009. A letra foi logo encomendada ao querido parceiro e poeta, Fausto Nilo, mas o arranjo musical não ficou pronto a tempo para a gravação do meu DVD daquele mesmo ano. Deu saudade em 2024 e agora ela verá a luz do dia. Até que enfim, nasceu a criança”, conta ele.

Já Fausto Nilo lembra que no início da parceria, Ritchie o provocava apresentando melodias que o inspiravam a escrever letras do jeito que ele gosta. “São imagens contextualizadas no cenário da vida urbana ou da natureza. Gosto e acho que às vezes parecem roteiro de cinema. Muito grato parceiro por esta ‘Saudade Sem Passagem’”, diz Nilo.

Essa turnê, além de reviver clássicos, traz um toque de novidade e nostalgia, celebrando a trajetória de Ritchie e suas colaborações marcantes. Fãs de todas as gerações podem esperar por momentos emocionantes e músicas que, mesmo inéditas, já carregam a essência de décadas de história musical.

Fonte: portalsucesso.com.br

Abelardo Macedo: Um Pioneiro em Lagoa Nova e Sua Notável Jornada de Vida

 

Abelardo Macedo nasceu no dia 24 de abril de 1935, no sítio Coroas Limpas, município de Santana do Matos. Filho de Lauro e Nobilia Macedo, ele foi criado por seus tios, Zacarias Fernandes Jales e Virgínia Fernandes Barros, que não podiam ter filhos. Embora tenha sido criado por seus tios, Abelardo nunca perdeu o contato com seus pais biológicos e seus dez irmãos.

Desde cedo, Abelardo acompanhou seu tio adotivo Zacarias nos trabalhos diários, aprendendo a arte da agricultura, além de outros ofícios como consertar máquinas de costura e cortar cabelo. Essas habilidades foram fundamentais para ajudar sua família adotiva. Aos 26 anos, em 28 de janeiro de 1962, Abelardo casou-se com Luiza Marfisa de Macedo, com quem teve oito filhos.

Para aumentar a renda familiar, Abelardo saiu a cavalo pelas comunidades vizinhas, prestando serviços de mecânica e barbearia. Essas andanças logo se transformaram em uma oportunidade para ele começar a trabalhar no ramo farmacêutico. Abelardo foi convidado por José Anselmo (in memoriam) para ajudá-lo em sua farmácia em Santana do Matos, onde adquiriu experiência na área. Ele comprava medicamentos na farmácia de Expedito Araújo (in memoriam) em Currais Novos e os revendia na zona rural de Santana do Matos.

Com a morte de seu pai adotivo, Abelardo decidiu vender as terras, pois a agricultura não era sua verdadeira paixão. Foi durante esse período de transição que ele soube que Lagoa Nova não tinha uma farmácia. Em uma de suas viagens a Natal, Abelardo fez contatos com distribuidores de medicamentos e decidiu abrir uma farmácia em Lagoa Nova. Com a ajuda de Orlando Macedo (in memoriam), ele alugou uma casa ao lado da Igreja Matriz de São Francisco de Assis e um ponto comercial no mercado público.

Em 8 de dezembro de 1973, Abelardo fez a mudança mais importante de sua vida, levando toda a família em um caminhão para Lagoa Nova, com a esperança de dias melhores. Ao chegar na cidade, ele acomodou sua família e foi para Natal comprar medicamentos com o dinheiro da venda das terras. Assim, inaugurou a primeira farmácia do município, chamada "A Milagrosa", cuja primeira cliente foi a Srª Dona Bela (in memoriam).

Abelardo rapidamente conquistou a confiança da população local com seu trabalho sério, atencioso e dedicado. Ele não se negava a abrir a farmácia a qualquer hora da noite e, apesar de não ser médico ou farmacêutico, sua experiência com medicamentos salvou muitas vidas. Quando solicitado, ele levava sua maleta com medicamentos e material para aplicação de injeções para atender doentes em suas residências.

Além de seu trabalho na farmácia, Abelardo também serviu como Comissário de Menor, designado pelo juiz da comarca de Currais Novos, Cristóvão Praxedes. Ele desempenhou essa função voluntariamente, garantindo a lei e a ordem no município. Em reconhecimento aos seus serviços, recebeu o título de cidadão honorário de Lagoa Nova das mãos do prefeito Francisco Jeronimo de Medeiros (in memoriam). Em 2003, o vereador João Alves Galvão propôs, e a câmara municipal aprovou, que o posto de saúde do município fosse nomeado em sua homenagem.


Abelardo Macedo faleceu em 19 de junho de 2010, após sofrer um AVC que o deixou em coma por 45 dias. Seu legado de sabedoria e determinação permanece, evidenciando o impacto significativo que ele teve na comunidade de Lagoa Nova. De agricultor a farmacêutico autodidata, Abelardo Macedo é lembrado como um homem de coragem que transformou o destino de sua família e ajudou a moldar a história de Lagoa Nova.